Categoria: Reiki Técnicas e Aplicações (Page 1 of 2)

BYOSEN-REIKAN-HO – VARREDURA DA ENERGIA “SCANNER”

Byosen – sentir a energia

Na prática de Reiki é muito comum haver sensações nas palmas das mãos, com o fluir da energia. Essas sensações são representações do estado energético da pessoa que está sendo tratada, quer seja outra pessoa ou quer sejamos nós no auto-tratamento. Nos animais também é possível fazer a leitura, é um pouco mais difícil, mas é possível. A avaliação energética é diferente de um diagnóstico médico e isso o Reikiano não deve fazer.

Essa avaliação energética tem um conjunto de representações às quais o Mestre Usui chamava Byosen, ou “acumulação de doença”. Esta avaliação é resultante das posições que vamos executando ao longo do corpo do receptor (ou do nosso próprio). Hoje em dia aprendemos um protocolo de 12 ou 15 posições de tratamento, que mapeiam a cabeça, articulações e os nossos chakras principais ou glândulas endócrinas. Sabemos que no início, o Mestre Usui ensinava algo bem mais simples – Tratar da cabeça (a fonte de todos os nossos problemas) e depois da zona afetada. No seu novo livro “This is Reiki” (Isto é Reiki – Ed. Pensamento), Frank Arjava Petter entrevista o Mestre Ogawa e uma das questões é precisamente o tratamento a outros:

Arjava Petter: Usa 12 ou 15 posições de mãos que correspondem aos chakras ou glândulas endócrinas, como usamos na tradição ocidental do Reiki? Quanto tempo deixa as mãos em cima ou numa posição em particular? Junta os dedos das mãos? Usa as duas mãos? Esta é a forma como aprendemos Reiki.

Ogawa: Deixamos que o Byosen nos guie e não usamos um tratamento standard. Uma vez que aprendam a escutar o byosen, não há necessidade para um sistema. O mais importante ponto é tratar a cabeça. Por vezes é preferível ficar numa posição por uma hora, por exemplo.

Frank Arjava Petter diz-nos que:

“Os ensinamentos originais não aplicavam nenhum tratamento standard. Usui Sensei como Hayashi Sensei davam manuais aos seus alunos com um guia de tratamento para doenças comuns, mas estes eram para os iniciantes inexperientes. Os praticantes experientes aprendiam uma técnica avançada que é, infelizmente, incomum para nós fora do Japão. De acordo com Chiyoko Sensei, Koyama Sensei e Ogawa Sensei, tanto Usui Sensei como Hayashi Sensei trabalhavam com o que Usui Sensei chamava Byosen… Usui Sensei criou esta palavra de dois Kanji. O primeiro é Byo, que significa doente, doença. O segundo caracter, Sen, significa acumulação, ou bloqueio dos vasos, nos casos da linfa ou do sangue. Juntos (os kanji) descrevem a acumulação ou bloqueio devido a toxinas…”


Os vários tipos de Byosen

Onnetsu 温熱 – Calor/Febre :
Sentimos este calor quando as mãos são colocadas numa zona que esteja rígida, tensa, ou com ligeira deficiência de energia no corpo do receptor. Este calor é ligeiramente superior à temperatura do corpo.

Atsui Onnetsu 熱い温熱
Calor Intenso – a zona necessita de energia. As mãos podem ficar quentes, muito quentes, pode até dar a sensação de que todo o corpo está aquecendo.

Piri Piri Kan ぴりぴり感
Sensação de formigueiro. Se a tensão e rigidez do corpo for mais séria, tem-se a sensação de formigueiro nas palmas e nas pontas dos dedos.

Hibiki 響き– Pulso, Eco
Hibiki é uma sensação tipo “pulso”, que indica que a energia está estimulando os vasos sanguíneos, causando contração e expansão. Neste ponto o sangue começa a circular com maior fluidez. Pode ser algo como uma infecção, cansaço profundo, irritabilidade ou início de algum distúrbio energético na pessoa que poderá originar uma doença física.

Itami 痛み– Dor
Itami e uma sensação de dor nas mãos que nos indica que o estado do Byosen, do receptor é crítico. Quanto mais grave o estado, mais dor pode gerar. A dor pode passar para a parte superior das mãos, pulsos, cotovelos, ombros.

Isto não significa que estamos absorvendo energia negativa do receptor, esse fenômeno não é possível de acontecer com o Reiki, no entanto, devem afastar as mãos de qualquer desconforto, sacudir, verificar a ligação com o Reiki e voltar ao tratamento, por exemplo, começando das extremidades para o centro da questão.

Samui 寒い –  Frio
Bloqueio do chakra, consciente ou inconsciente, pode estar associado a um trauma. (Este byosen não faz parte do conjunto inicial de cinco, no entanto, é uma sensação que por vezes é sentida e como tal deve ser esclarecida).

Fonte:
Frank Arjava Petter
João Magalhães
Cris Quadros (revisão e tradução)

Mãos em Concha no Reiki

O que significa deixar as mãos em concha?

Em nossas mãos possuímos centros energéticos chamados Chakras, temos vários, mas os principais são: Centro da mão e pontas dos dedos. É através desses centros que transmitimos energia.

Quando vamos aplicar Reiki usamos principalmente as mãos e porque usar as mãos em “concha”?

Para deixar a energia mais concentrada, pois se os dedos estiverem abertos, espalmados, a energia fica dispersa. Ao fecharmos os dedos a energia ficará mais concentrada.

Faça uma experiência: Coloque as mãos bem abertas na frente do rosto, depois feche em “concha” e sinta a diferença entre uma ação e outra.

Trabalho com Reiki e Pedras de Cura

O Reiki é muito fácil de combinar com o trabalho de cura com pedras. Assim, por exemplo, o poder de cura de um Cristal Quartzo-Branco é ampliado inúmeras vezes quando um praticante do Reiki coloca suas mãos sobre ele. A experiência mostra que os tratamentos completos de Reiki fazem sensivelmente mais efeito quando combinados com tratamentos com pedras de cura. Os resultados das pesquisas de Walter Lübeck mostram que o inventor do Reiki, Dr. Mikao Usui, já utilizava os cristais de rocha de diversas maneiras nos tratamentos Reiki. Entre outros, dava aos seus pacientes, bolas de cristal impregnadas com Reiki e os aconselhava a colocá-las sobre os locais enfermos do corpo como apoio ao seu tratamento. O Rainbow Reiki desenvolvido por Walter Lübeck com base no Reiki tradicional do Dr. Usui contém um grande número de métodos de cura realizados com a utilização de cristais e outros minerais.

Ativação de pedras de cura com Rainbow Reiki

Esta técnica pode ser feita por que já fez o Nível-I do Reiki

1º passo: Pegue entre as duas mãos as pedras de cura a serem ativadas e segure-as por um momento. Sinta sua vibração especial, faça contato com elas.

2º passo: Erga as mãos para o céu com as pedras de cura e também olhe nessa direção.

3º passo: Cante no mínimo nove vezes o mantra “Hey Loa, Key Loa, Manaho Lo” (é possível encontrar vídeo no YouTube com a melodia, ou apenas pronuncie este mantra).

4º passo: Aponte suas mãos para a terra e olhe na mesma direção.

5º passo: Cante no mínimo nove vezes o mantra “Hey Loa, Key Loa, Manaho Lo”.

6º passo: Ponha as mãos diante do coração.

7º passo: Cante no mínimo nove vezes o mantra “Hey Loa, Key Loa, Manaho Lo”.

8º passo: Agradeça ao Pai do Céu e à Mãe Terra ou, em outras palavras, a Deus e à Deusa pelo fato de terem permitido que as suas filhas, as pedras de cura, tenham chegado até você.

9º passo: Peça que ambos abençoem as pedras de cura e a você, para que você possa tratá-las e usá-las de modo espiritual.

Duração

A prática demora conforme o ritmo em que o mantra é cantado; segundo a experiência de WL, demora em torno de 5 a 8 minutos.

Observar

O mantra não deve ser repetido mais de nove vezes – mas também não menos, senão o efeito desta técnica diminui muito.

Utilidade

Para a ativação de pedras de cura. Especialmente apropriadas são pedras como o cristal de rocha, a fluorita, a ametista, o quartzo róseo, a ágata musgosa, o citrino, o quartzo enfumaçado, a rodocrosita, a tulita e a cornalina.

Combinação

Cura de cristais com Rainbow Reiki; fontes de cristal com o Rainbow Reiki; mandalas de cristal com o Rainbow Reiki.

Filosofia

O mantra de cura do Rainbow Reiki descrito acima provém de uma tradição espiritual antiquíssima, de mais de 12.000 anos no Oceano Pacífico, depois da queda de um enorme meteorito no continente submerso da Lemúria. O mantra chama a Energia da Criação e o benévolo anjo para o presente, e os convida a participar do que estiver sendo feito no momento.
Esta influência espiritual profundamente eficaz ativa, por exemplo, as pedras de cura, do mesmo modo que acontece com a diluição das substâncias originais dos remédios homeopáticos desenvolvidos por Samuel Hahnemann, ou o processo alquimista da destilação rítmica. Desse modo, são liberadas energias de cura muito mais abrangentes do que seria possível no estado inativo. Muitos efeitos atribuídos às pedras de ura só podem ser observados quando elas são ativadas. Com esta técnica, o Reiki cumpre a tarefa de abrir as pedras mais rápida e fortemente para a ativação, por meio da elevação de sua frequência. Isso funciona especialmente bem com pedras de cura que foram deitadas durante a noite sob uma forte ducha de Reiki.

O que dá certo? O que não dá certo?

Com a ativação das pedras de cura com o Rainbow Reiki é possível aumentar em grande medida e aprimorar a força de cura de todo pedregulho encontrado na floresta, dos diamantes na ourivesaria, de todas as pedras, de todos os minerais e cristais. Apesar disso, esse fato não significa necessariamente que outras técnicas, a paciência no uso ou um bom contato entre agente de cura e cliente não sejam importantes.

Experiências

Animais domésticos quase sempre se dirigem para uma vasilha de água que contenha um cristal de rocha ativado para beber, em vez de dirigir-se para uma vasilha que não o contenha.

Fonte: As Mais Belas Técnicas de Reiki – Walter Lübeck / Frank Arjava Petter
Prevenções e Cura com Pedras – Karl Stark / Werner E. Meier
Foto: Stock Royalty Free

Post de: crisquadros.com.br e Portal Reiki Master e Terapias Holísticas

Enraizamento ou como Enraizar

Quando estamos ligados à Terra estamos centrados. O enraizamento é o processo que nos permite receber a energia da Terra, assim como escoar o excesso de energia densa que tenhamos. Se costuma ter a cabeça no ar, falta de concentração, excesso de sensibilidade à energia que envolve ou que é emitida pelos outros e por objetos, então o enraizamento é uma boa forma de aprender a lidar e ultrapassar essas situações.

Este processo de enraizamento pode ser mais ou menos intenso de pessoa para pessoa. O excesso de enraizamento pode também ser prejudicial pois torna-nos rígidos e pode ainda causar dores na coluna.

Vantagens do enraizamento

  • Mais centrado;

  • Aumento da concentração;

  • Evita a dissipação de energia pessoal;

  • Equilíbrio das duas energias – Céu (Rei) e Terra (Ki);

  • Permite escoar o excesso de energia;

  • Ajuda a lidar com energias mais densas no dia-a-dia ou durante um tratamento.

Enraizamento – visualização da árvore

Se queremos manter-nos enraizados, ou seja, ligados à Terra e à sua energia podemos usar esta simples técnica de visualização. Onde estiver a nossa imaginação, atenção, está a nossa energia. Coloquem os pés na mesma linha dos ombros e as mãos com as palmas viradas para baixo, caso queiram reforçar o vosso enraizamento.

  • Visualizar todo o nosso corpo como uma árvore;

  • Imaginar os pés como sendo as raízes;

  • Deixar fluir as raízes para os lados e para baixo, cada vez mais fortes e a agarrarem-se à Terra;

  • Descer até ao centro da Terra;

  • Visualizar uma bola de luz vermelha;

  • Agarrar essa bola de energia;

  • Trazer pelas raízes essa energia vermelha até aos pés, aos joelhos, ao chakra raíz;

  • Sentir que estamos presos, ancorados à Terra.

*(o tempo de permanência nessa posição varia de pessoa para pessoa, fique o tempo que achar necessário)

Enraizamento – tubos para descarregar

O enraizamento serve também para descarregarmos energia, quer seja a que acumulamos no nosso dia-a-dia, ou aquela com que possamos estar lidando ao longo de uma sessão de Reiki. Se não soubermos descarregar esse excesso de energia, o nosso corpo poderá demonstrar reações para que se possa libertar, aí surge no terapeuta aquilo que chamamos a crise de cura.

Para descarregar energia mais rapidamente, podemos imaginar que agarrado ao nosso chakra raiz estão dois tubos que descem para a Terra, um em cada perna. Esses tubos podem ser alargados, na medida da nossa necessidade para descarregar energia. Devemos imaginar que essa energia em excesso é descarregada pelos tubos, saindo pelos pés. Se quiserem, podem acompanhar esta visualização com a técnica Chuva de Reiki.

*Cris Quadros

Post de João Magalhães com pequenas correções para o nosso Português.

Como o Reiki nos ajuda quando estamos tristes

Pense qual a razão de estar triste!

Use os Cinco Princípios do Reiki para ajudar a encontrar os porquês.

  • Só por hoje – Porque esta situação está me deixando triste?

  • Sou calmo – Porque me faz perder a harmonia?

  • Confio – Porque não confio em mim para resolver a situação:

  • Sou grato – Que lições tiro disso para o meu crescimento?

  • Trabalho honestamente – Sou verdadeiro ou diligente para resolver essa situação?

  • Sou bondoso – De que forma posso resolver a situação com bondade para mim e para todos?

Use as técnicas do Banho Seco, Enraizamento e Chuva de Reiki para limpar o teu campo energético, tua aura. Procure sentir se tem alguma parte do teu corpo que o sentimento causa um desconforto. Faça a aplicação com o auto tratamento e foque a atenção principalmente nessa região. Você pode colocar uma mão na região e outra no Chakra Cardíaco e enviar energia de amor. Ao final, envia Reiki para a situação, para que o bem supremo de todos fique em paz, harmonia e tranqüilidade.

Procure se distrair e tirar o foco dos problemas por algum tempo. Muitas vezes ficamos nos martirizando, tentando achar uma saída e acabamos prejudicando nossa saúde, daí teremos dois problemas: um – não conseguimos resolver o problema; dois – ficamos doentes.

Muitas vezes a solução vem por acaso, quando a mente está mais tranqüila, relaxada.

Paz e Reiki a todos!

Cris Quadros
Inspirada por João Magalhães

Namastê!

Reiki para Dor na Coluna ou Muscular

Reiki para tratar dores na coluna e muscular.
(esta técnica pode ser usada por Reikianos que já tenham sido sintonizados no Nível-2 de Reiki)

Reiki para dor na coluna 2
Esta meditação com o HSZSN é altamente eficaz quando se está com dores na coluna ou muscular.
Faça a meditação Gasshô por alguns instantes até sentir a ligação com a energia Reiki, você pode traçar o CKR na palma das mãos para ativar o fluxo de energia;
Trace o HSZSN no alto da sua cabeça, distante mais ou menos uns 15 cm, na abertura do Chakra Coronário, fale seu mantra três vezes, imagine que o símbolo está na cor verde, que é a cor da cura;
Inspire profundamente, empurre o símbolo com a palma da mão para dentro do chakra. Sinta-o descendo pela sua coluna até o local onde está sentindo dor;
Deixe o símbolo agindo nessa área do corpo, se quiser trace um CKR onde está doendo para selar.
Outra opção é traçar o HSZSN diretamente onde dói e potencializar com o CKR. Faça a aplicação de Reiki por 5 min. ou mais se achar necessário.

Obs.: lembrando que as terapias alternativas como o Reiki, são utilizadas para auxiliar o alivio de dores, regeneração celular, recuperação e cicatrização mais rápida, mas não substituem o acompanhamento médico.

Inspirado por: Cristina Quadros
Edição de imagem: Kevin Quadros

 

Meditação com os Símbolos do Reiki, uma verdadeira injeção de energia!

Meditação com Reiki

Às vezes nos sentimos cansados, desanimados, sem energia, esgotados, mesmo após uma noite de sono. Essa meditação é uma verdadeira usina de força. Irá te dar mais ânimo, vitalidade, restaurar suas forças. Faça todos os dias pela manhã se possível. Não é aconselhável fazer antes de dormir, pois pode deixar você tão animado que perderá o sono.

Pratique sempre. No início pode parecer difícil visualizar e sentir a energia dos símbolos passando pelo corpo, mas com a prática, acaba sendo uma experiência muito intensa, reconfortante e até reveladora, pois podemos receber insights durante a meditação.

“Já experimentei por diversas vezes essa meditação e realmente é como se tomasse uma injeção de força. Existe uma meditação praticada com os símbolos do Reiki que é ensinada nos cursos, mas eu fiz algumas alterações que senti serem altamente eficazes e necessárias. Então siga os passos deixados abaixo e se entregue a essa experiência maravilhosa com o Reiki e os Símbolos”.

  • Sente-se confortavelmente, mantenha a coluna bem ereta, nesta posição você recebe a energia do céu e da terra. Pode ficar na posição deitada se não tiver opção;

  • Faça algumas respirações profundas e mantenha as mãos em Gassho por alguns instantes;

  • Quando sentir a energia fluindo de suas mãos, deixe a mão não dominante do coração (Chakra Cardíaco), com a mão dominante trace o/os símbolo(s) na altura do Chakra Coronário, mais ou menos 15 cm acima da cabeça. Fale ou mentalize seus mantras três vezes;

  • Sinta como se o símbolo tivesse uma forma física, iluminado, dá até para senti-lo fisicamente, empurre-o para dentro do seu chakra e no mesmo instante faça uma inspiração profunda;

  • Durante a inspiração, imagine o símbolo sendo sugado pelo Chakra Coronário e descendo pelo canal da Sushumna, na coluna vertebral, descendo lentamente até o Chakra Básico;

  • Procure sentir fisicamente essa onda de energia passando pelo seu corpo;

  • Você pode fazer com apenas um símbolo ou com quantos quiser se já os recebeu na sintonização;

  • Após ter terminado, trace o CKR nas palmas das mãos, pronuncie seu mantra e leve uma mão no Chakra Frontal e a outra na altura da nuca (correspondente a outra abertura do chakra), permaneça por 1 min. ou mais. Faça a mesma coisa com os outros Chakras, descendo com uma mão na frente e outra atrás, até o segundo Chakra (Chakra Esplênico ou Sexual);

  • Aplique também no Chakra Básico e sinta a energia subindo pela coluna até o Chakra Coronário;

  • Se sentir que ficou um pouco “aéreo”, meio tonto, trace o CKR na sola dos dois pés, empurre o símbolo para dentro do Chakra e fique com os pés no chão por alguns instantes;

  • Se sentir necessidade de aplicar em alguma outra parte do seu corpo, continue a aplicação, senão pode encerrar com as mãos em Gasshô agradecendo a energia recebida.

Fonte: Cristina Quadros

Técnica do Banho Seco – Kenyoku-ho

Kenyoku ho é a técnica do banho seco, indicada pelo Mestre Usui para a limpeza do excesso de energia, remoção de ligações e colocação da mente numa postura centrada, meditativa.

O banho seco deve ser realizado antes e depois de qualquer auto tratamento ou sessão de Reiki, assim ela permite-nos limpar a energia densa acumulada nas mãos e braços, limpeza dos Chakras frontais e corte das ligações energéticas.

Há sistemas que ensinam primeiro a limpeza dos braços outros o varrimento na diagonal, do ombro ao quadril. Não será necessário prendermo-nos com detalhes de qual dos sistemas está correto. Experimente e aplique a técnica, isso sim é importante.

Antes de praticar o Kenyoku Ho, o banho seco, ligue-se à energia Reiki, realizando a meditação Gassho por alguns minutos, deixe fluir a energia. Você poderá ativar o Símbolo do Poder, o Cho Ku Rei. Verifique antes, como está se sentindo.

Kenyoku ho – técnica do banho seco

kenyoku - banho seco

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  1. Diagonal ombro esquerdo – quadril direito

    1. Deslizar com firmeza a mão direita desde o ombro esquerdo até o quadril direito, imaginando que está cortando todas as ligações com outras pessoas e limpando o excesso de energia dos chakras frontais;

    2. Repetir mais duas vezes.

  2. Diagonal ombro direito – quadris esquerdo

    1. Deslizar com firmeza a mão esquerda desde o ombro direito até o quadril esquerdo, imaginando que está cortando todas as ligações com outras pessoas e limpando o excesso de energia do chakras frontais;

    2. Repetir mais duas vezes.

  3. Braço esquerdo – limpeza da energia acumulada, três vezes

    1. Trazer a mão direita até o ombro esquerdo, as pontas dos dedos ficam no ombro, a palma da mão de frente para o corpo;

    2. Colocar o braço esquerdo esticado com os dedos da mão também esticados para a frente mas, ligeiramente inclinado para baixo, para que a energia varrida seja enviada para a terra;

    3. Deslizar a mão direita pelo braço esquerdo até sair fora da ponta dos dedos da mão esquerda;

    4. Repetir mais duas vezes.

  4. Braço direito – limpeza da energia acumulada, três vezes

    1. Trazer a mão esquerda até o ombro direito, as pontas dos dedos ficam no ombro, a palma da mão de frente para o corpo;

    2. Colocar o braço direito esticado, com os dedos da mão também esticados para a frente mas, ligeiramente inclinado para baixo, para que a energia varrida seja enviada para a terra;

    3. Deslizar a mão esquerda pelo braço direito até sair fora da ponta dos dedos da mão direita;

    4. Repetir mais duas vezes.

Após fazer esta técnica ,  veja como se sente!

Neste vídeo podemos ver um exemplo simples do banho seco.

Fonte: João Magalhães

Editado e traduzido por: Cristina Quadros

Reiki, Precisa se Despir para a Sessão?

Despir numa sessão de Reiki

Será que é necessário despir numa sessão de Reiki?
Eu estava procurando imagens sobre Reiki na internet e percebi que muitas fotos mostram o cliente deitado na maca coberto com uma toalha, como se estivesse numa sessão de massagem, isso pode gerar uma ideia errada com relação à sessão de Reiki.
Não há necessidade alguma do cliente se despir e nem você mesmo durante sua auto aplicação, muito pelo contrário, durante a sessão a pessoa entrará num relaxamento tão profundo que pode até adormecer e isso diminui a temperatura corporal, então é aconselhável cobrir a pessoa para que ela não sinta frio.
Inclusive, você não precisa tocar diretamente na pessoa para fazer a aplicação, como é ensinado no curso, você pode manter uma distância de 5 a 10 cm da pessoa. E ainda, quando se aplica Reiki à distância, você envia energia para a pessoa, esteja ela onde estiver e a forma como ela estará vestida, não interfere de forma alguma no recebimento da energia.
Retirar objetos
Se estiver aplicando Reiki presencial, pode ser interessante pedir para a pessoa retirar objetos como: colares, relógio, cintos, anéis, que podem ter alguma interferência com o fluxo energético, pelas características dos seus materiais, ou por apertarem. A pessoa tem que se sentir confortável.
Roupas
Para receber Reiki não precisa usar uma roupa própria, deve apenas sentir-se confortável. Se a pessoa vem com roupa preta, não há problema, se vem com roupa branca, não há problema (aqui, não entramos no campo da cromoterapia, que já é outro assunto). O Reiki flui sempre, exceto se tal não for possível para a pessoa receber ou ao praticante para enviar. Muitas vezes é a nossa mente que cria as limitações. Para a energia, elas não existem.
Se estivermos numa situação de emergência e precisarmos aplicar Reiki, iremos pedir à pessoa para trocar de roupa, iremos nós trocar de roupa? Ou deixaremos simplesmente a energia fluir?
Em certos casos, o terapeuta deve ser tão cuidadoso e atento que pode até haver desconforto na pessoa em descalçar os sapatos. Será que a pessoa deve ser obrigada a retirar os sapatos? Ficará à consideração de cada um, mas tendo em conta que Reiki é ação de amor incondicional, trazer desconforto poderá não ser a melhor opção, tanto que até poderá não ajudar no relaxamento da pessoa. Tudo vai depender também de onde você estará atendendo, se for no seu consultório, tirar os sapatos pode até ajudar no relaxamento.
Os terapeutas e praticantes de Reiki devem ter perfeita consciência que quando aplicam Reiki, tornam-se o rosto do Reiki. As suas ações têm repercussões na credibilidade da prática e no bem-estar de quem procura esta terapia.

 

Reiki – Como Tratar de Gripes e Resfriados

https://www.youtube.com/watch?v=Lyim5Ipmk1w

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén